Beleza & Saúde Cabelos

Cabelos descoloridos: como prevenir a quebra dos fios e recuperar os danos causados pela química?

Dermatologista e consultora da Philips, Dra. Judith Cavalcante, traz as principais dicas para evitar quebra, porosidade e pontas duplas dos cabelos descoloridos

Quando a meta é transformar o visual, o cabelo costuma ser o protagonista dessa mudança, seja com um novo corte ou uma nova tonalidade. Para alterar a cor das madeixas, o uso de produtos químicos é indispensável, principalmente, no caso daquelas que almejam clarear os cabelos – processo em que a descoloração é o principal recurso para remover o pigmento dos fios e chegar ao tom desejado.

Cabelo descolorido: Como cuidar? | Foto: Reprodução Web

Mesmo com todos os cuidados, o uso da água oxigenada e pó descolorante costuma ser agressivo aos fios, e resultar em cabelos mais quebradiços, com frizz, pontas duplas e porosidade.

De acordo com a dermatologista e consultora da Philips, Dra. Judith Cavalcante, ao utilizar descolorantes no cabelo, a camada externa do fio – que é formada por escamas que garantem proteção e hidratação natural – ficam abertas para que a substância química entre e modifique a cor, reduzindo a proteção do cabelo.

“Como consequência, o fio perde mais água e aumenta a tendência ao ressecamento e frizz, além de deixar o cabelo mais elástico, levando-o à quebra. Vale lembrar que quanto mais claro ficam as madeixas em relação ao tom original, mais intenso são os danos. Diferentemente do que ocorre quando a mudança de cor é realizada apenas com a tintura, pois o produto fica depositado na superfície do fio, provocando menos danos. Entretanto, a mudança de tonalidade apenas com a tintura tem uma duração reduzida”, esclarece a Dra. Judith.  

Cuidados para se ter com os cabelos descoloridos | Foto: Reprodução Web

A especialista orienta evitar clarear o cabelo mais de três tons abaixo da cor natural e não associar descolorantes e alisantes.

“Quem optar por descolorir os cabelos deve compreender que esta decisão vem junto com a necessidade de cuidar mais intensamente dos fios. Para isso, é recomendado o uso de secadores com mecanismos protetores, como os que contam com controle de temperatura, aplicação de protetor térmico antes de utilizar o secador, prancha e modelador, hidratação e umectação semanal, entre outros. Cuidados esses que se aplicam a todos que querem ter cabelos saudáveis e bonitos, mas especialmente para quem acumula danos decorrentes de descolorações e alisamentos”, comenta a especialista.

“No uso diário, é recomendado a utilização de shampoos suaves e condicionadores mais nutritivos, assim como o uso de leave-ins e óleos capilares que ajudam no controle do frizz e aparência das pontas duplas”, orienta a médica.

Prancha e secador

Ao utilizar prancha, modelador e secador de cabelo, aquelas que contam com fios descoloridos devem tomar alguns cuidados essenciais, pois o calor em excesso e constante agride as cutículas e retira de maneira profunda a água dos fios, o que pode resultar em danos mais intensos. 

Secador e prancha: Os vilões dos cabelos | Foto: Reprodução Web

Para manter a higiene e evitar dormir com as madeixas molhadas, a dermatologista e consultora da Philips lista algumas dicas para o uso de calor em cabelos descoloridos. Acompanhe:

  • Evite associar calor e outras químicas, em especial nas primeiras três semanas após a descoloração ou alisamento dos fios. Neste período, intensifique os cuidados de hidratação, com o uso de máscaras capilares e umectação;

  • Sempre que sua rotina e o clima permitirem, deixe o cabelo secar naturalmente e solto. Após a lavagem pressione com uma toalha de microfibra, para absorver a maior parte da umidade;

  • Se precisar usar secadores, prefira os com mecanismos protetores, como controle de temperatura (inclusive pode secar a frio) e a cerca de 15-20 cm dos fios;

  • Após remover o excesso de água com toalha, aplique o protetor térmico em mechas. Depois, é só secar, movimentando os fios e o secador, evitando ter de tracionar o cabelo com escovas;

  • Para o uso de chapinhas e modeladores, também existem no mercado artigos com controle de temperatura e superfícies mais gentis. Mesmo assim, é fundamental não usar diariamente, além de secar os cabelos com a toalha de microfibra antes, não puxar com força os fios e usar protetor térmico (que forma uma película entre o aquecimento da prancha e os fios).

“Com esses cuidados é possível alcançar um cabelo mais saudável e evitar a porosidade, quebra, frizz, pontas duplas, além de fios com aspecto opaco e sem brilho, o que dificulta modelar as madeixas, que tendem a permanecer armada ou eriçada”, finaliza a dermatologista.

Foto Capa: Reprodução Web

Sobre o autor

Criado em 2018, o Blog Julli Terra tem a missão de te deixar informado sobre tudo o que acontece no mundo da moda, além de trazer matérias incríveis sobre o universo feminino.

Deixe seu carinho nos comentários!

%d blogueiros gostam disto: