Beleza & Saúde Corpo

Mito ou verdade: depilação a cera escurece a pele?

Especialista desmistifica dúvidas sobre manchas por conta da depilação com cera quente

Apresentar manchas na pele em decorrência da depilação a cera é o receio de muitas mulheres, que até mesmo acabam desistindo do procedimento. Mas será que é verdade esta afirmação? “Esse método pode sim escurecer a cútis, contudo, não é algo muito comum de acontecer. Alguns fatores podem contribuir mais para essa reação na região depilada”, afirma a especialista Regina Jordão, fundadora e CEO da rede de franquias Pello Menos, pioneira nos serviços de depilação à cera indolor e sem hora marcada no Brasil. Confira os principais mitos e verdades sobre o tema:

Depilação com cera quente | Foto: Reprodução

Depilação a cera pode escurecer a pele.

Verdade.

O aparecimento de manchas depende de como cada organismo reage ao procedimento e acontece em decorrência da produção excessiva de melanina presente na superfície depilada. “Alguns fatores contribuem mais para isso, tais como aplicação da cera em temperatura muito quente; movimentos bruscos; uso de produtos reutilizáveis; e exposição solar inadequada”, esclarece.

É impossível evitá-las.

Mito.

Existem alguns cuidados que podem ser seguidos para que sejam minimizados os riscos de aparecimento. “É indicado fazer esfoliação na região a ser depilada três dias antes do procedimento. O objetivo é promover a renovação celular da pele, facilitando a remoção dos pelos e minimizando os riscos de causar manchas e alergias, por exemplo”, recomenda a especialista.

Depilação a cera de buço | Foto: Reprodução

A cada repetição do procedimento, a pele está mais sujeita a tal intercorrência.

Verdade.

Durante a depilação, a pele sofre um trauma para que seja possível eliminar os pelos. “Toda vez que isto acontece, ela fica sujeita a um aumento da produção de melanina, o que pode gerar as manchas”, explica.

O uso de protetor solar não interfere nas marcas da pele.

Mito.

Um dos cuidados mais importantes para evitar as manchas é o uso constante do protetor solar. “Após a sessão, principalmente, torna-se ainda mais importante. Afinal, a pele estará sensibilizada e mais suscetível ao aparecimento delas, portanto, a proteção diária é fundamental”.

Cera quente para depilação | Foto: Reprodução

É possível tratá-las em casa.

Verdade.

Alguns dermocosméticos de uso tópico que contém ativos clareadores em sua composição, podem ser usados para tratar as manchas. “É importante ressaltar que no caso de tratamento profissional, apenas um médico especialista pode recomendá-lo, ou seja, um dermatologista”, pontua.

A qualidade do serviço não influencia em seu aparecimento.

Mito.

Escolher atentamente o local de atendimento é fundamental para evitar lesões, contaminações e até mesmo as manchas indesejadas, que, conforme já mencionado, são favorecidas pela temperatura da cera. “É importante que o profissional seja qualificado, assim, o método será mais seguro, com técnicas diferenciadas e uso de produtos dermatologicamente testados, minimizando as chances de aparecimento”.

Foto Capa: Reprodução

Sobre o autor

Criado em 2018, o Blog Julli Terra tem a missão de te deixar informado sobre tudo o que acontece no mundo da moda, além de trazer matérias incríveis sobre o universo feminino.

Deixe seu carinho nos comentários!

%d blogueiros gostam disto: