Fashion News Moda

Giro da moda: confira os destaques do mundo fashion em novembro

Polêmica com a Balenciaga e encerramento das atividades da Raf Simons são alguns dos destaques que sacudiram o mundo fashion. Confira os destaques do Giro da Moda de novembro.

O Giro da Moda do mês de novembro está bombando, afinal o penúltimo mês do ano foi marcado por polêmicas e notícias que pegaram todo mundo de surpresa, apesar dos burburios. Confira todos os destaques que sacudiram o mundo fashion na edição de novembro do Giro da Moda. 

Confira o que rolou no mundo da moda em novembro
| Foto: Reprodução Web

Raf Simons anuncia o encerramento de sua marca

No último dia 21/11, Raf Simons anunciou o encerramento das atividades de sua marca criada em 1995, que se consagrou como uma das mais importantes de sua geração, além de servir de inspiração para outros criadores e colecionar diversos admiradores entre as celebridades e diversos profissionais de moda. 

Raf Simons encerra as atividades de sua marca
| Foto: Reprodução Web

O estilista estará 100% dedicado a Prada, onde desde fevereiro de 2020 é Co-diretor criativo ao lado de Miuccia Prada. 

Balenciaga passa do limite ao chocar na campanha de final de ano com crianças 

Na tentativa de chocar mais uma vez com sua campanha de final de ano, a Balenciaga se envolveu em mais uma polêmica ao colocar crianças segurando bolsas em formato de ursinhos de pelúcia “sadomasoquistas” e devidamente vestidos a caráter, e para barbarizar ainda mais, o cenário era composto por brinquedos sexuais como algemas e coleiras e documentos com trechos de decisões judiciais sobre pedofilia. Após muitas críticas, a marca removeu a campanha do ar e se desculpou. 

Pedimos nossas sinceras desculpas por qualquer ofensa que a nossa campanha de natal possa ter causado. As nossas malas-urso-de-pelúcia não deveriam ter sido mostradas com crianças. Removemos a campanha de todas as plataformas”

Campanha polêmica da Balenciaga deu o que falar no mundo da moda
| Foto: Reprodução Web

A marca também aproveitou o pedido de desculpas para se justificar a respeitos dos documentos sobre pedofilia, de acordo com a grife eles não deveriam estar no set e não foram aprovados.

Pedimos desculpa por mostrar documentos perturbadores na nossa campanha, levamos este assunto muito a sério e estamos tomando as medidas legais contra os responsáveis pela criação do set e por terem incluído itens não aprovados para a sessão fotográfica da nossa campanha de primavera”. Finalizou. 

Após sete anos, Alessandro Michele deixa a Gucci 

Após uma série de rumores, Alessandro Michele anunciou em suas redes sociais a sua saída da Gucci após sete anos como diretor criativo da marca, desde 2015. Vale lembrar que o estilista já trabalhava na grife desde 2002, tendo com a tradicional marca italiana 20 anos de história.

Alessandro Michele anunciou sua saída Gucci
| Foto: Reprodução Web

Alessandro Michele teve a missão de substituir Frida Giannini no cargo de diretor criativo e não decepcionou, pelo contrário ele revolucionou a Gucci, reafirmando seus posicionamentos e valores e trazendo um toque setentista com ar de relíquia ressignificando os tradicionais conceitos de beleza, além de reunir diversas celebridades e parcerias de sucesso. A pergunta que fica após sua saída é: Quem será o novo nome a substituir Alessandro Michele, na grife italiana?

Oscar terá novo código de vestimenta focado na sustentabilidade

A Academia de Artes está querendo se tornar mais sustentável e por isso o caráter ecológico das roupas utilizadas pelos convidados no tradicional Red Carpet do evento será um destaque. Uma parceria foi firmada entre a Academia de Artes e a organização Red Carpet Green Dress, responsável por promover a sustentabilidade no mundo do design e do entretenimento. 

Convidados receberão um “Guia de estilo sustentável” com orientações mais ecológicas para se vestir para o evento | Foto: Reprodução Web

O objetivo é adotar as diretrizes do “Guia de Estilo Sustentável” onde a edição “sob medida” será encaminhada para os convidados no próximo evento marcado para 12 de março de 2023, sugerindo que eles busquem maneiras mais sustentáveis de se vestir para o evento, recorrendo ao empréstimo de roupa dos acervos das grandes grifes, técnicas como o upcycling, o aluguel de roupas, além de sugestões de têxteis naturais, entre eles materiais de origem vegetal, lã, linho e cânhamo.

COP27 e a moda : o que ficou definido?

A conferência, que aconteceu no Egito, reuniu marcas como Zara, Kering, H&M, além de marcas brasileiras como Malwee, o grupo Soma e a Renner, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva também participou do evento. 

Com participação tímida da moda, compromissos foram firmados no evento a favor do clima
| Foto: Reprodução Web

Entre os compromissos firmados pelas marcas, tivemos a aliança mais compromissada para descarbonizar a cadeia de moda, soluções inovadoras de baixo carbono para auxiliar na redução dos impacto no clima protegendo as florestas, além de ações para promover a moda circular e a reciclagem e promover um melhor ambiente de trabalho mais respeitoso, com salários dignos e seguro.

E aí, o que acharam dos destaques do Giro da Moda em novembro?

Nos vemos na última edição de 2022 !

Foto Capa: Reprodução Web

Sobre o autor

Criado em 2018, o Blog Julli Terra tem a missão de te deixar informado sobre tudo o que acontece no mundo da moda, além de trazer matérias incríveis sobre o universo feminino.

Deixe seu carinho nos comentários!

%d blogueiros gostam disto: